Guerra ameaça produtores de bananas

Os produtores de banana do Equador enfrentam um obstáculo inesperado. Com a invasão da Ucrânia pe


Edição 30 - 20.06.22

Grunner – A tecnologia do campo para o campo

Os produtores de banana do Equador enfrentam um obstáculo inesperado. Com a invasão da Ucrânia pela Rússia e as consequentes sanções impostas ao país de Vladimir Putin, um dos mais importantes mercados do mundo tiveram suas portas fechadas. O resultado é trágico: os estoques equatorianos da fruta chegaram aos maiores níveis da história e parece não haver solução imediata para o problema. No início de abril, um produtor de bananas do Equador despejou sua colheita de 45 mil quilos em uma rodovia por não saber o que fazer com o produto. Outro doou todo o seu estoque para comunidades carentes. Os preços caíram tanto – 50% em média – que muitos agricultores estão deixando as bananas apodrecer nos campos, já que os valores baixos não cobrem sequer os custos de produção. A Rússia é a terceira maior compradora de bananas do Equador, que faturou US$ 3,5 bilhões no ano passado com a produção da fruta. No país, 300 mil trabalhadores dependem diretamente do cultivo de bananas.