Ruanda: Gorilas e chás para atrair turistas

Considerado o melhor do mundo, o chá de Ruanda é exportado para os EUA e Europa


Edição 18 - 20.03.20

Nos últimos anos, Ruanda, no coração da África, se tornou um dos principais destinos turísticos do mundo para a observação de animais de grande porte. A maior atração do país são os últimos gorilas-das-montanhas restantes no planeta, que durante décadas foram implacavelmente perseguidos por caçadores. Agora protegidos como patrimônio nacional, os gorilas ganharam uma companhia improvável para a atração de turistas: as plantações de chá. O solo vulcânico fértil e o clima temperado formaram a combinação perfeita para a produção de chá, considerado o melhor do mundo e exportado principalmente para os Estados Unidos e a Europa. Recentemente, o governo de Ruanda teve uma ideia criativa: promover caminhadas no meio das lavouras. Como muitas delas ficam em pleno Parque Nacional dos Vulcões, ao lado das encostas selvagens, o passeio virou uma grande atração nacional, atraindo todos os anos milhares de turistas.

TAGS: Chá, Exportação, Ruanda, Turismo