O AGRO NÃO PARA EM ISRAEL

Coluna A REVOLUÇÃO DAS MÁQUINAS - Por Marco Ripoli


27.09.19

Marco Lorenzzo Cunali Ripoli, Ph.D., é Engenheiro Agrônomo e Mestre em Máquinas Agrícolas pela ESALQ-USP e Doutor em Energia na Agricultura pela UNESP, executivo, disruptor, multiempreendedor, inovador e mentor. Proprietário da BIOENERGY Consultoria e investidor em empresas. Acesse www.marcoripoli.com

Na semana passada tive a satisfação e oportunidade de liderar um grupo de profissionais durante viagem técnica de cinco dias à maior nação de inovação agrícola do mundo. Conhecido como “O AGRO NÃO PARA”, um programa transformacional levou para Israel, “The Startup Nation”, em sua primeira etapa, executivos, empresários, produtores rurais, acadêmicos, startups, investidores e profissionais da área, que buscaram ampliar seus conhecimentos, encontrar novas iniciativas e ajudar a transformar o agronegócio brasileiro, proporcionando um ambiente de relacionamento com pessoas inovadoras e tecnologias disruptivas.  A Missão Agtech Israel buscou proporcionar uma imersão em inovação e tecnologia no agronegócio mundial.

Hebrew University of Jerusalem

Começamos nossa jornada de trabalho com um curso de dois dias, dedicado ao grupo, na mais importante universidade agrícola do país, participando de aulas ministradas por professores doutores de renome internacional no campus de Jerusalém, o principal, e no campus de Rehovot, onde se localizam os cursos de ciências agrárias.

Centro Volcani

Fomos recebidos pelo diretor do centro, hoje o maior Instituto pesquisa agrícola de Israel, que se concentra em ajudar os agricultores israelenses a encontrar soluções para vários problemas, realizando pesquisas e desenvolvendo novas tecnologias nos campos da agricultura e das ciências alimentares.

PwC Israel

Fomos recepcionados pelo Head de Inovação da empresa que é líder em serviços profissionais no mercado israelense foi fundada em 1924. Ela tem atualmente cerca de 61 parceiros e mais de 1.000 profissionais, incluindo contabilistas, economistas, advogados, MBAs, analistas de dados, engenheiros etc..  Como é a prática comum na rede global, os serviços são classificados em três linhas principais, cada uma com sua expertise e ferramentas exclusivas para atender às necessidades e exigências dos clientes que operam em mercados locais e globais

Kaiima

Durante o feriado e dia de eleições no país, o CEO da empresa nos convidou para sua casa, onde realizou uma apresentação da empresa, focada na criação de novas tecnologia genéticas e em desenvolver plataformas inovadoras que avançam e melhoram a produtividade das plantas em grande escala para os sistemas agrícolas modernos.

Trendlines

A Trendlines inventa, descobre, investe e incuba tecnologias médicas e agrícolas baseadas na inovação.  A reunião foi conduzida pela vice-presidente da empresa, que compartilhou como realizam seus investimentos em novas tecnologias, como estão envolvidos em todos os aspectos das empresas de portfólio de desenvolvimento de tecnologia para construção de negócios. Investem principalmente por meio de incubadoras.

Afimilk

Estivemos com o gerente geral desta empresa, líder global em desenvolvimento, fabricação e comercialização de sistemas informatizados avançados para fazenda de laticínios modernas e para a gestão de rebanho. Desde 1977, a Afimilk tem sido pioneira no campo, com a introdução do primeiro medidor de leite eletrônico.  Muita coisa bacana por vir!

AgriTask

O COO da  empresa compartiu conosco sobre como nasceu o negócio, cuja visão é de permitir que os agricultores mundiais se beneficiem da Agricultura de Precisão e de tecnologias avançadas, desde qualquer ponto de partida, sem o alto custo de gestão de múltiplos sistemas tecnológicos, e sem mudar seus hábitos de trabalho atuais.

Taranis

A empresa oferece uma plataforma de inteligência de precisão para a agricultura.  O diretor geral mostrou as soluções que vem trabalhando e que permitem aos agricultores monitorar seus campos, tomar decisões informadas e tomar as medidas apropriadas, ajudando-os a aumentar seus rendimentos e reduzir custos. A empresa aplica “deep learning” a conjuntos de dados proprietários, incluindo imagens aéreas milimétricas, sensores de campo, imagens de satélite, previsões meteorológicas e dados de seu aplicativo de aferição de campo para prever e prevenir doenças de culturas e perdas baseadas em pragas, entre outras tecnologias.

Netafim

Fundada em 1965 por agricultores e agrônomos sobre a ideia de que a irrigação por gotejamento é uma solução para um dos problemas mais urgentes do mundo: falta de água de qualidade para produção de alimentos. Como a empresa líder mundial de irrigação, impulsiona a adoção em massa de irrigação por gotejamento para combater a escassez de água, terra e alimentos. Em 1965, introduziram a irrigação por gotejamento para mudar a face da agricultura em todo o mundo.

Obrigado a todos que participaram desta primeira etapa, ao Consulado de Israel em São Paulo por todo o apoio e orientação, aos parceiros PLANT PROJECT  e Conteúdo Agro, e pelo apoio das empresas Brazilian Trade Ltda., Evolvers Governança, Família S.A. e Olivetti & Regina Advogados.  Meu agradecimento também a todos as empresas que nos receberam em Israel.  “O AGRO NÃO PARA” é uma iniciativa e realização pessoal, por meio da BIOENERGY Consultoria no Agro e MR.

Fiquem ligados, pois a próxima missão Agtech sairá em breve!  Não percam esta oportunidade.

O Agro não para!

Clique aqui para conferir todas as #ColunasPlant.

TAGS: AgTech, Israel, Netafim, Taranis