A vez dos Top Farmers – Nova Geração

Quem são os jovens protagonistas da segunda temporada do projeto que destaca o melhor do agro

“A agricultura digital veio para ficar. Ela vai crescer muito rapidamente e aquele que não entrar hoje vai entrar amanhã, porque é um caminho sem volta.”

Arlindo Moura, CEO do grupo Terra Santa


Edição 8 - 26.03.18

TOP FARMERS – NOVA GERAÇÃO

Por Romualdo Venâncio | Ilustrações Caio Borges

Qual será o futuro da agropecuária brasileira? De que forma a tecnologia vai impactar a produção? Como será a relação do setor com as questões ambientais e a preservação da flora e da fauna nativas? Qual será a face desses novos tempos? São perguntas que PLANT PROJECT procura responder desde a seu lançamento, em julho de 2016. E cujas respostas continuará perseguindo, nesta e nas próximas edições. Costumamos olhar para o presente para predizer o que virá. E, a julgar pela qualidade dos jovens empreendedores que começam a ocupar espaço no comando de alguns dos mais relevantes grupos do agronegócio nacional, pode-se dizer que temos boas perspectivas pela frente.
Ao longo dos últimos meses, PLANT consultou dezenas de entidades, produtores, consultores e agentes do setor em busca dos talentos que vão liderar o agronegócio nos próximos anos (ou talvez nas próximas décadas). Chegamos a uma lista generosa, com indicações de diversos perfis, regiões e culturas. Uma amostra singular do que vem por aí pode ser conhecida nas próximas páginas, nas quais apresentamos os personagens que protagonizarão a segunda temporada do projeto TOP FARMERS, que visa a homenagear e dar visibilidade aos produtores que são referência em diversas culturas e segmentos, revelando as melhores práticas utilizadas na busca de eficiência e produtividade em suas propriedades.

Relembre quem são os TOP FARMERS da primeira temporada

Leia também: Top View PwC

Em 2018, o projeto ganha um novo mote: a NOVA GERAÇÃO. Ao longo deste ano, em reportagens e em uma série de vídeos exclusivos, mostraremos um seleto grupo com dez jovens, com idade entre 22 e 44 anos, que já despontam no cenário agro brasileiro. Eles representam dez culturas diferentes, mas, sobretudo, dez olhares únicos sobre o mais importante setor da economia brasileira. Lideram negócios de diferentes portes, mas todos com histórico de excelência na gestão.
Há, na lista, sobrenomes tradicionais no agronegócio nacional. Também estão presentes na lista empreendimentos recentes, em setores emergentes como a piscicultura – uma das áreas de maior crescimento atualmente no País.
A segunda temporada envolve os TOP FARMERS em temas cada vez mais debatidos no campo: sucessão familiar, governança, formação de lideranças, inovação, sustentabilidade, entre outros. Para alguns, a vocação para
o agro despontou ainda na infância, na convivência com os negócios da família. Em outros casos, chegou de forma inesperada. Uma marca que une a todos é a educação sólida, com olhar global, que os distingue de gerações anteriores, forjadas muitas vezes de forma mais empírica e prática. São as faces do futuro no agro.

Confira, nos links, quem são os protagonistas desta temporada:

PECUÁRIA DE CORTE – PEDRO MEROLA

CANA-DE-AÇÚCAR – FÁBIO DE REZENDE BARBOSA

CITRICULTURA – SARITA RODAS

ALGODÃO – LETÍCIA SCHEFFER

PECUÁRIA LEITEIRA – EDUARDO SEKITA

CAFÉ – ANDERSON MINAMIHARA

PISCICULTURA – MAURO TADASHI NAKATA

GRÃOS – FERNANDA FALCÃO

SUSTENTABILIDADE – CAIO PENIDO

HORTIFRUTI – EDSON TREBESCHI

 

TAGS: Agricultura, Grãos, Hortifrutis, Pecuária, Piscicultura, Sustentabilidade, Top Farmers